Por 7 x 0, TSE decide que Beto segue deputado no lugar de Mineiro

Por 7 votos a 0, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve a decisão monocrática do ministro Jorge Mussi e validou os 8.990 votos de Kerinho (PDT), candidato a deputado federal nas eleições do ano passado.
A votação do então candidato, que teve sua validade questionada, foi motivo de um peleja jurídica entre o deputado Federal Beto Rosado (PP) e Fernando Mineiro (PT), que também disputou o pleito de deputado federal no ano passado e chegou a ser anunciado como eleito, mas acabou não podendo assumir o mandato.
Kerinho foi candidato na coligação “100% RN 1”, de Beto Rosado. A votação do pedetista foi questionada porque o TRE negou o registro de sua candidatura alegando falta de documentos. No entanto, o ministro Jorge Mussi considerou que os documentos foram entregues na véspera do fim do prazo, mas não foram computados devido a um erro no sistema judiciário.
(mais…)

Comentários