Violência sem fim: RN se aproxima de 700 assassinatos em seis meses do ano

O Rio Grande do Norte caminha para atingir, em seis meses do ano, a triste marca de 700 assassinatos. Segundo o Observatório da Violência (OBVIO), 673 pessoas já foram mortas no estado entre o início de 2019 e o início da manhã desta quarta-feira (19).
O levantamento do Obvio dá conta de uma redução de 31% na quantidade de casos neste ano em relação ao ano passado, quando neste período 979 assassinatos foram registrados no território potiguar. O comparativo da entidade aponta uma queda absoluta de 306 crimes.Ainda de acordo com o Obvio, somente nestes 19 dias de junho, 57 pessoas foram mortas no estado, contra 134 no mesmo período de 2018. Somente em Mossoró neste ano já são 84 crimes. O mais recente foi registrado ontem. Um homem foi encontrado morto em um terreno baldio perto do museu, no Centro da cidade.
A vítima foi identificada como Paulo Henrique dos Santos Justino, “Buiú”, 24 anos. A informação é de que ele seria ex-presidiário, morador de rua e usuário de droga, e que o corpo apresentava marcas de golpes de arma branca. O caso deve ser apurado pela Polícia Civil.
O levantamento do Obvio detalha também que a violência contra a mulher no ano de 2019 já resultou em 14 feminicídios, que é o assassinato de mulher por violência doméstica e/ou de gênero. No mesmo período do ano passado, foram 12 crimes desse tipo. Quanto a casos caracterizados como latrocínios (roubo seguido de morte), neste ano já foram 28; contra 44 em 2018.
Defato.com

Comentários