MPF vai investigar Comite Lula Livre dentro do IFRN em Natal

O Ministério Público Federal do Rio Grande do Norte (MPF-RN) vai investigar possível ato de improbidade administrativo no Instituto Técnico Federal (IFRN), que estaria ocupando a sua estrutura com atividades privadas, em benefício de alguém, ao permitir a instalação do Comitê Lula Livre dentro do campus de Natal.
O Procurador Kleber Martins encaminhou memorando ao também procurador Fernando Rocha, que coordena o Núcleo de Combate a Corrupção (NCC), para que seja apurado possível ato de improbidade administrativa na utilização do bem público para fins privados.
Segundo o procurador da República, o caso revela desrespeito às instituições públicas nacionais que aplicaram a lei vigente ao ex-presidente (Lula cumpre pena por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro), além de “promover um ato de natureza pessoal e político-partidária”, o que atenta contra o Regimento Geral do próprio IFRN, e contra os princípios da Administração Pública de moralidade, impessoalidade e lealdade às instituições.

Comentários