PF achou 60 chips pré-pagos com suspeito de participar da invasão de celulares de autoridades

Danilo Marques, um dos presos na Operação Spoofing (Foto: Reprodução)
A Polícia Federal (PF) encontrou 60 chips lacrados para celular pré-pago com Danilo Marques, um dos presos na Operação Spoofing e suspeito de participar da invasão de celulares de autoridades.
Amigo de Walter Delgatti Neto, foi preso em Araraquara. Ao prorrogar sua prisão, o juiz Vallisney de Souza Oliveira disse ser preciso descobrir a destinação dos chips e se seu uso teria relação com o hackeamento.
Os quatro presos na Operação Spoofing vão prestar depoimento ao juiz do caso na próxima terça-feira, 30, numa audiência de custódia.
Ao prorrogar por mais cinco dias a prisão de Walter Delgatti Neto, Gustavo Henrique Elias Santos, Suelen Priscila e Danilo Marques, Vallisney de Souza Oliveira disse que eles podem ser soltos antes, mas é necessário que permaneçam na cadeia para não atrapalharem as investigações, ainda em andamento. (Com informações O Antagonista).

Comentários