Rodrigo Maia e Bolsonaro são os maiores vitoriosos com a Reforma da Previdência

Resultado de imagem para rodrigo maia e bolsonaro

Por Josias de Souza
– Rodrigo Maia: O presidente da Câmara foi o grande artífice da aprovação em primeiro turno do texto-base da reforma da Previdência. Indicou e prestigiou o relator, Samuel Moreira, e o presidente da comissão especial, Marcelo Ramos. Articulando-se com os partidos do centrão, compôs uma maioria parlamentar que o Planalto, desarticulado, não foi capaz de reunir. Revitalizou a atividade parlamentar num instante em que Jair Bolsonaro flertava com o asfalto e grudava no Legislativo a pecha da “velha política”. Hoje, Maia sustenta que a reforma da Previdência é obra do Parlamento, não do Planalto. Recebeu  em plenário cumprimentos do deputado Eduardo Bolsonaro, filho Zero Três do presidente, e do líder do governista PSL, Delegado Waldir: “Sem o Rodrigo Maia, não teríamos chegado a esse ponto.” Maia chorou. Se conseguir colocar de pé a agenda de reformas do Legislativo, como pretende, entrará no baralho de 2022.
– Jair Bolsonaro: O presidente da República teve o mérito de enviar ao Congresso a proposta de reforma da Previdência, cuja necessidade sempre questionou. Absteve-se de suar o paletó. “A bola está com o Congresso”, disse à exaustão. Não se empenhou pelo resultado. Ao contrário, ajudou a desidratar a reforma ao patrocinar os interesses da corporação policial. A despeito de tudo, será o principal beneficiário de eventuais efeitos positivos que a mexida previdenciária venha a produzir na atividade econômica do país. A bola voltará para os seus pés.
Para ler o post completo só clicar aqui: https://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br 

Comentários