Banco Mundial avalia andamento de obras no Distrito Irrigado do Baixo Açu

Resultado de imagem para baixo açu
O andamento das obras no Distrito Irrigado do Baixo Açu (Diba), em Alto do Rodrigues, foi o foco principal da Missão do Banco Mundial no RN nesta terça-feira (24). Na primeira visita de campo da semana, a equipe de especialistas fiscalizou as obras de estruturação do canal de irrigação, visitou os lotes ocupados pelos irrigantes e debateu com os beneficiários adequações necessárias ao projeto.
Acompanhada do secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Guilherme Saldanha, e da gerente executiva do projeto Governo Cidadão, Ana Guedes, a coordenadora da missão Fátima Amazonas pôde conferir in loco as mudanças que as obras irão trazer para a vida dos produtores locais. “Foi uma visita muito positiva porque pudemos ver de perto o andamento da obra e entender o tamanho da produção existente aqui”, pontuou Amazonas, após visitar um dos lotes produtores de banana e mamão.
A agenda de campo ao Diba incluiu visita ao canal que está sendo estruturado, à casa de bombas, ao canteiro de obras e à produção. Para o secretário Guilherme Saldanha, a vinda da equipe de especialistas do Banco é muito importante. “Aqui eles puderam ver como estão sendo aplicados os recursos do acordo de empréstimo, o apoio que o Governo do Estado tem dado aos agricultores e as melhorias de vida que estão conseguindo com a redução dos custos de produção”, pontuou.
Além de Fátima Amazonas, participaram da visita pelo Banco o especialista em irrigação da FAO, Luís Loyola, a analista de projetos Daniella Arruda e o especialista em licitações Luciano Wuerzius. O secretário de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar, Alexandre Lima, e o diretor-presidente da Emparn, Rodrigo Maranhão, também estiveram presentes. As equipes de Engenharia e Jurídico do projeto Governo Cidadão também participaram.

Comentários