Câmara Municipal de Natal apoia realização da Marcha para Jesus

Numa demonstração de apoio à realização da Marcha Para Jesus 2019 na capital potiguar, vereadores da Câmara Municipal de Natal prestigiaram o lançamento do evento, na Arena das Dunas, nesta quarta-feira (4).
A Câmara é uma das grandes parceiras, visto que os parlamentares destinaram emendas para o evento e inseriram a Marcha no calendário de eventos do município.
As emendas aprovadas na Casa foram de autoria dos vereadores Carla Dickson (PROS), Bispo Francisco de Assis (PSB), Dinarte Torres (PMB), Kleber Fernandes (PDT) e Eriko Jácome (PODE). “Destinamos emendas para garantir que o Município apoiasse a realização do evento que acreditamos ter grande valor para a sociedade por pregar a fé e paz”, destacou Eriko Jácome.
Em maio passado, o presidente da Câmara, vereador Paulinho Freire (PSDB), promulgou a lei nº 587/2019, que inseriu o último sábado do mês de junho como o “Dia da Marcha para Jesus” no calendário oficial de eventos do município. “Vai acontecer como resultado da união de muita gente, das casas legislativas, das igrejas, governo e estado”, disse o vereador Dinarte Torres. “É um evento que chama a atenção de toda a sociedade natalense sobre a importância de valorizar a família e os valores cristãos nesse evento que entra para o calendário de eventos da cidade”, ressaltou o vereador Kleber Fernandes.
Neste ano, a Marcha em Natal vai ocorrer no próximo dia 5 de outubro, com atrações nacionais e locais da música gospel. O coordenador do evento, Bispo Lindomar Alves, relembra que há três anos a Marcha não é realizada em Natal e que a expectativa é de reunir 50 mil pessoas. “Virão caravanas de todo o estado e de estados vizinhos. E a marcha segue em crescimento com expectativa de reunir as pessoas em fé, oração e adoração a Jesus”, diz.
A concentração será na Avenida Alberto Silva, ao lado do Shopping Midway Mall, com encerramento na Arena das Dunas. “Teremos quatro trios e toda a estrutura e suporte de serviços, como segurança, trânsito, saúde. Trazemos uma pegada de união, independente de igrejas, mas para acolher a todos que adoram Jesus”, explica Fafá Medeiros, da organização da Marcha.

Comentários