Eleições suplementares de Ceará-Mirim acontecerão no dia 1º de dezembro de 2019

Eleitos em 2016, Marconi Barreto e a vice Zélia Pereira tiveram os mandatos cassados (Foto: reprodução)
Na sessão plenária desta terça-feira, 17, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) aprovou à unanimidade a Resolução n° 21/2019 que disciplina a realização das eleições suplementares para os cargos de prefeito e vice-prefeito do município de Ceará-Mirim (RN). Conforme a resolução, que entra em vigor nesta quarta-feira, 18, após publicação no Diário da Justiça Eletrônico (DJE), o pleito acontecerá no dia 1º de dezembro de 2019.
A nova eleição, que segue as mesmas condições de um pleito convencional, será realizada em virtude da cassação e perda de mandato do prefeito de Ceará-Mirim, Marconi Barreto, e da vice-prefeita, Zélia Pereira dos Santos, por abuso de poder econômico. A cassação foi confirmada recentemente pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que negou provimento ao recurso especial eleitoral e manteve o entendimento do TRE-RN, cuja decisão foi proferida em consonância com Ministério Público Eleitoral, em abril de 2018.

Comentários