Pular para o conteúdo principal

Porteiro que citou Bolsonaro mora em área dominada por milícia, diz revista

Condomínio Vivendas da Barra
O porteiro que associou o presidente Jair Bolsonaro a Élcio Vieira de Queiroz, um dos acusados de matar a vereadora Marielle Franco, mora em área dominada por milícia na zona oeste do Rio. A revista Veja localizou Alberto Jorge Ferreira Mateus em uma casa simples na Gardênia Azul, bairro da região administrativa de Jacarepaguá. “Eu não estou podendo falar nada. Não posso falar nada”, disse Alberto quando abordado pela reportagem.
Foi ele quem anotou que Élcio ia para a casa de número 58, a de “Seu Jair”, quando esteve no condomínio no dia do crime. Parentes e amigos relataram à revista que o porteiro está “acuado” e não arriscam dizer por que ele supostamente mentiu, como afirmou o Ministério Público após perícia feita às pressas um dia após o Jornal Nacional revelar o depoimento de Alberto.
Ainda segundo a Veja, a Gardênia Azul já estava no radar dos policiais que investigam o assassinato da vereadora porque Ronnie Lessa, o preso acusado de efetuar os disparos contra Marielle, seria um dos responsáveis pelo controle daquela região
(mais…)

Comentários