Quem aprovou Sandro Pimentel impedir, com seu próprio carro, o direito de ir e vir?


De boné do MST, o ex-vigilante Sandro Pimentel do PSOL não se comportou como deputado estadual e fechou, com seu próprio carro, uma caminhoneta Ranger, a entrada dos colegas deputados.
Apesar de ser contra uma homenagem do secretário especial da previdência e trabalho do governo Jair Bolsonaro (PSL), Rogério Marinho, adversário do PSOL, Sandro não deveria bloquear a garagem dos deputados.
Impedir o direito de ir e vir das pessoas não é ato democrático. Quem aprovou isso?

Comentários