Curso de Engenharia Civil será ofertado pelo Instituto Federal do RN em 2020

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) dará início, em 2020, à oferta de graduação em Engenharia Civil, na modalidade presencial. O curso será ofertado pela Diretoria Acadêmica de Construção Civil (Diacon), do Campus Natal-Central, e terá duração de 10 semestres.
A turma inicial, confirmada para o primeiro semestre, irá ofertar 40 vagas, com seleção realizada através do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), com previsão de abertura das inscrições em janeiro de 2020.
Com duração de 10 semestres, a matriz curricular do curso está organizada em regime de crédito por disciplina, com período semestral, sendo 3.480 horas destinadas às disciplinas de formação do engenheiro civil; 320 horas destinadas à Prática Profissional, dentre as quais 160 horas são dedicadas ao Estágio Curricular obrigatório, 120 horas ao Projeto Final de Curso e 40 horas às atividades complementares obrigatórias; 10 horas são dedicadas aos seminários curriculares.A carga horária de atividades do curso totaliza 4.235 horas, das quais, no mínimo 10% devem ser direcionadas para a curricularização da extensão.
Sobre o curso
O Curso de Engenharia Civil busca dar respostas às exigências do novo milênio no que diz respeito a ética, acessibilidade e ao meio ambiente, propondo soluções inovadoras e eficazes aos problemas da indústria da construção civil, considerando aspectos tecnológicos, econômicos, sociais e ambientais.
O curso tem o objetivo de formar profissionais para elaborar projetos, especificar os materiais e sistemas construtivos, bem como executar obras de construção civil. O egresso poderá liderar equipes, acompanhar os prazos, os custos e a implementação das normas de segurança, saúde e meio ambiente.
Poderá também atuar na assessoria, assistência e consultoria de projetos de engenharia. Do mesmo modo, poderá desenvolver atividades de fiscalização, avaliação, arbitramento, laudos e pareceres técnicos, pesquisa, ensino, análise e experimentação, elaboração de orçamentos, padronização, mensuração e controle de qualidade de obras e serviços técnicos, em sua área de atuação.

AgoraRN

Comentários