FIASCO: Comerciantes alegam prejuízo com a mudança de show pirotécnico em Ponta Negra

Foto: Divulgação/redes sociais
Não são poucos os comerciantes que afirmam ter sido um ‘fiasco’ o réveillon desse ano em Ponta Negra. A maioria deles, que há anos promove a festa nas avenidas engenheiro Roberto Freire e Erivan França, calcula grandes prejuízos, devido á falta de público, que precisou migrar para outros locais mais próximos à Via Costeira, para registrar a queima de fogos de artifício. O movimento caiu em mais da metade com relação aos anos anteriores.
Em nota, a Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria de Cultura, explicou que a mudança foi provocada exclusivamente pela empresa contratada, e que isso não afetaria a visibilidade de quem estivesse na orla de Ponta Negra, visto que os fogos iriam partir de uma área de ampla visibilidade.
No entanto, não foi isso que aconteceu. Os bares e restaurantes na avenida Erivan França não registraram presença satisfatória de clientes, como também de vendas de mesas, de alimentos e bebidas, e contratação de bandas, previamente acertada antes da decisão do prefeito Álvaro Dias. Quem paga essa conta?
BG

Comentários