GRAU DE COMPROMETIMENTO! Relato emocionante sobre atitude de policiais militares em restaurante viraliza nas redes sociais

Um texto anônimo tomou conta das redes sociais nesta quinta feira, 16, com um relato emocionante sobre o comprometimento de policiais militares de Rádio Patrulha (RP) da cidade de Mossoró.
A cena descrita por um anônimo aconteceu em um humilde restaurante na capital do Oeste e conta como é ralada a vida de um policial militar de RP (A linha de frente da Polícia Militar Potiguar).
Os ‘rádios patrulhas’ são aqueles vistos rotineiramente na rua, dia e noite, sob chuva ou sol, e são os primeiros que chegam nas ocorrências. Os companheiros os chamam carinhosamente de “psicólogos”.
“RP atende vias de fato (brigas), crimes contra a vida, abordagens a pessoas armadas, estupro, violência contra a mulher; o idoso e a crianças, lesão corporal, assalto, furto, e tantos outros crimes”.
Leia e veja o quão emocionante é o relato

“Qual o seu grau de comprometimento com o próximo, com o seu trabalho, com a sua missão ???? Hoje por volta das 21:00 eu estava jantando com minha esposa em um estabelecimento aqui de em Mossoró, quando uma equipe do Rádio Patrulha ( RP), a unidade policial mais antiga da instituição e aquela responsável por atender todos os tipos de ocorrências, desde uma simples desavença familiar, até um assalto a banco em andamento, chegou ao local também para jantar. O local é pequeno sentaram na mesa logo ao lado da nossa. Fizeram o pedido, e pediram água enquanto aguardavam sair a comida. O dono do estabelecimento gentilmente trouxe a garrafa com água (essa que está sobre a mesa) e nesse meio tempo pude ouvir pelo rádio deles que eles estavam sendo chamados. Havia uma denúncia de tentativa de assalto na estrada do bairro Santa Delmira debaixo do viaduto. Eles se levantaram e saíram, avisaram ao garçom que voltariam depois. Mas o que me chamou atenção foi o copo cheio sobre a mesa… O policial que falava ao rádio sequer bebeu o copo de água que acabara de se servir, ele ficou cheio, sobre a mesa. Tudo isso aconteceu em cerca de 03 minutos entre eles chegarem e sair, sem jantar, e sem sequer beber água direito. Quando vi essa cena do copo cheio sobre a mesa, me fez pensar no quanto comprometido esses rapazes são em cumprir a sua missão, ao ponto de beber um copo d’água ficar pra depois. Ficou pra mim também a lição de quanto é importante fazer as coisas comprometimento, acima de tudo meu respeito à Polícia Militar.” Autor desconhecido.

Comentários