Homem é amarrado, espancado e jogado dentro do rio no centro da cidade de Mossoró

O homem foi identificado como: Marcos Antônio de Oliveira Moura Júnior, 29 anos.
Atualizada. Uma equipe ALFA do SAMU com Suporte Avançado, e a Polícia Militar foram acionados no final da tarde desta sexta feira 17 de janeiro de 2020, para o Centro de Mossoró, onde informações, uma pessoa teria ido fazer necessidades fisiológicas debaixo da ponte, e ouviu gemidos de uma outra pessoa.

Então o desconhecido resolveu averiguar e viu um homem com as mãos amarradas para trás e dentro da água, as margem do Rio Mossoró bastante ferido. Foi acionado o 190. O Corpo de Bombeiros também foi acionado para retirar o mesmo da água.

Porém os socorristas do SAMU pediu ajuda de populares e conseguiram remover o homem e trazer para fora d'agua. Dr. Vanderley médico intervencionista do SAMU informou que possivelmente já fazia bastante tempo que o homem estava ali naquela situação. Segundo ele, já apresentava sinais de hiportemia. Ele estava com as mãos amarradas para trás com enforca-gato.

Aparentemente pode ter sido vítima de easpancamento. Porém após uma avaliação clínica mais detalhada, podemos saber o que realmente aconteceu. O homem foi identificado como: Marcos Antônio de Oliveira Moura Júnior, 29 anos. Segundo informações de familiares, ele trabalha em um restaurante na Praça da Convivência, e todos os dias chega de madrugada em casa no Vingt Rosado.

Eles acreditam que o caso ocorreu pela madrugada no retorno dele para casa. Inclusive pai dele informou que estava de viagem marcada para trabalhar fora, que ele já teve um problema na justiça no passado rescente. Para a polícia a intenção dos autores seria matá-lo.

No corpo apresentava escoriações de arrasto, levando crer que foi arrastado e que mais de uma pessoa até três participaram do crime. Ele está na no HRTM seu estado de saúde é estável. Fará exames para analisar as lesões na cabeça.
Passando na Hora

Comentários