Palmeiras vira, vence o New York City e é campeão do Torneio da Flórida

Palmeiras na partida contra o New York City (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras)
Foi mais difícil do que se imaginava, mas o Palmeiras fechou a pré-temporada nos Estados Unidos com o título do Torneio da Flórida. Depois de terminar o primeiro tempo perdendo para o New York City, o Verdão virou na etapa final e venceu por 2 a 1, no sábado, 18, à tarde, em Orlando. Lucas Lima e Willian marcaram. A equipe alviverde ficou com a taça por conta da derrota do Corinthians para o Atlético Nacional.
Os destaques do Verdão
Novidade na escalação, o volante Gabriel Menino teve boa atuação. O jogador, de 19 anos, mostrou desenvoltura na chegada ao ataque e ajudou bastante na saída de bola da defesa. Willian entrou no segundo tempo em substituição a Raphael Veiga, fez o gol da virada e ainda participou do lance do primeiro. Luiz Adriano, com boa movimentação para sair da área, também agradou. Os americanos trocaram toda a equipe depois do intervalo. O Verdão também modificou a equipe a partir dos 17 minutos do segundo.
Primeiro tempo
O primeiro tempo começou com uma má notícia para a torcida palmeirense: Bruno Henrique sentiu incômodo e deu lugar a Ramires. E foi o volante substituto quem errou ao afrouxar a marcação no último minuto, no cruzamento que terminou em gol do New York City – Felipe Melo também foi antecipado pelo cabeceio de Rosario. Antes disso, o Palmeiras chegou a ter boas chances, com o próprio Ramires, Dudu e Luiz Adriano, mas faltou ao time brasileiro finalizar melhor. Gabriel Menino, novidade na escalação, teve bom desempenho nas chegadas ao ataque, no auxílio à marcação e na saída de bola da defesa.
Segundo tempo
A comemoração do gol marcado por Willian (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras) 
O Palmeiras voltou do intervalo com Willian no lugar de Raphael Veiga. O New York City, que trocou toda a formação, quase ampliou em chute que passou perto do canto esquerdo de Weverton. Felipe Melo tomou cartão amarelo, deu uma entrada mais dura em um rival e correu o risco de ser expulso. O empate do Verdão saiu aos dez minutos. Lucas Lima cruzou, Willian não conseguiu desviar, mas a bola foi para o fundo das redes. Gabriel Veron quase virou em cruzamento que ele não conseguiu alcançar. O segundo gol palmeirense chegou aos 27. Zé Rafael roubou a bola no ataque e tocou para Willian dominar e bater na saída do goleiro. A partir disso, os palmeirenses controlaram o jogo até o apito final. (Com informações GloboEsporte).

Comentários