ITEP registra dez assassinatos durante carnaval 2020 na Região Oeste do estado

A região oeste do Rio Grande do Norte registrou, ao todo, 10 assassinatos durante os festejos do Carnaval 2020. Os crimes aconteceram entre o sábado (22) e a terça-feira (25) de folia. A informação foi divulgada pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep/RN).
O primeiro crime violento letal aconteceu no sábado (22), na Comunidade de Linda Flor, zona rural de Assu. O agricultor José Augusto de Paulo Neto, de apenas 20 anos, foi morto a tiros. Ainda em Assu, um outro agricultor, identificado como Francisco Galdino Sobrinho, de 56 anos, foi baleado durante um assalto na mesma comunidade. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Tarcísio Maia, em Mossoró, mas não resistiu e morreu.
Em Porto do Mangue, no litoral do oeste potiguar, dois homens foram mortos no domingo (23), durante uma tentativa de assalto a uma casa na Praia de Pedra Grande. Ckleverson Igor Ferreira da Silveira, de 33 anos, e Emerson Ferreira do Nascimento, de 41 anos, foram as vítimas.
Na madrugada de domingo (23), Adailton Dantas de Souza, de 22 anos, foi assassinado com um tiro durante uma festa do Carnaval em Tibau. A vítima ainda chegou a ser socorrida, mas morreu ao dar entrada no hospital da cidade.
Em Apodi, dois irmãos foram mortos, na manhã de domingo (23), durante uma troca de tiros com a Polícia Militar. Francisco Marques de Melo Bezerra, 24 anos, e Rivanilson Matheus Melo Santos, 18 anos, praticavam assaltos a foliões e reagiram à abordagem policial.
Em Mossoró, ainda no domingo (23), um homem foi morto em um bar com cutiladas de faca peixeira. Maciel Pereira da Silva tinha 26 anos, era marceneiro e morava em Parnamirim/RN. O suspeito do crime já foi identificado, mas permanece foragido.
Em Areia Branca, Márcio Freire Reis, de 23 anos, foi alvejado com disparos de arma de fogo durante uma festa de Carnaval. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital da cidade. A vítima não tinha passagem pela polícia e o crime ainda é um mistério para a Polícia Civil, que vai investigar o caso.
No último dia de Carnaval (25), um adolescente de 16 anos, identificado como Luan Erick do Amaral Costa, foi morto com um tiro na cabeça dentro da própria casa. Na ação, o pai, a mãe e irmã foram baleados, mas não correm risco de morrer.
Os 10 corpos foram examinados na unidade do Itep/RN em Mossoró e liberados em seguida. Até o momento, apenas dois suspeitos do duplo homicídio em Porto do Mangue foram presos e encaminhados para a Cadeia Pública de Mossoró. Quantos aos demais casos, a Polícia Civil seguirá investigando.

Portal da Tropical

Comentários