No Rio, seis escolas encerram os desfiles pelo Grupo Especial nesta segunda-feira

Desfile da Viradouro, no domingo (Foto: Daniel Castelo Branco/Agencia O Dia)
Após o primeiro dia de desfiles com escolas firmes na luta pelo título do Carnaval de 2020 do Rio de Janeiro, seis escolas entram na briga nesta segunda-feira, 24. A São Clemente vai abrir o sambódromo, depois vem Unidos de Vila Isabel, Salgueiro, Unidos da Tijuca, Mocidade e Beija-Flor de Nilópolis.
No domingo, 23, Viradouro, Mangueira, Grande Rio e Portela tiveram apresentações que fazem suas comunidades sonharem com a conquista na Marquês de Sapucaí. Por outro lado, a União da Ilha teve uma noite para se esquecer. Com muitos erros, a escola da Zona Norte deverá lutar contra o rebaixamento para a Série A. Outras agremiações da noite, Estácio e Tuiuti tiveram apresentações irregulares na Marquês de Sapucaí.
Com graves problemas de evolução e um grande buraco aberto no meio de seu desfile, a União da Ilha finalizou sua apresentação, na madrugada desta segunda-feira, com atraso de um minuto. Ao longo de todo o desfile ficou nítido a apreensão dos foliões. Sempre convocados a andar mais rápido para preencher o buraco vazio em meio à Sapucaí.
O desfile da Viradouro, segunda agremiação a pisar no Sambódromo, na noite deste domingo, caminhava para a consagração total, mas um buraco na frente do segundo módulo de julgadores, pode comprometer a evolução e o magistral espetáculo apresentado pela escola de Niterói. (Com informações O Dia).

Comentários