Coronavírus: comercialização do melão mossoroense com a China está suspensa

A confirmação foi dada ao jornalismo TCM Telecom por  Luiz Roberto Barcelos da Agrícola Famosa em Mossoró e presidente do COEX, Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte: “A comercialização com a China está toda suspensa. Enquanto a situação com a saúde pública não normalizar não haverá avanços”, pondera Barcelos.
A situação econômica mundial está sendo duramente afetada por causa da doença e isso impediu essa negociação. Barcelos diz que são vários os fatores além desse novo vírus: “Dólar subindo muito. Por vários motivos. Juros baixos no Brasil. Atividade econômica fraca aqui também. Economia Norte-americana atraindo investimentos. E ainda o Coronavírus. Ninguém sabe onde vai parar”.
O COEX, Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte, publicou que dia 22 de janeiro de 2020 que o Departamento de Alfândegas da China (General Administration of Customs People’s Republic of China – GACC) disponibilizou em seu site os requisitos necessários para a exportação de melão. “Uma grande vitória para todo o Brasil”,  ressaltou a nota do COEX.
Com informações do Diário Político

Comentários