RN registra chuvas acumuladas acima de 200 mm e deve continuar chovendo em todas as regiões

Volume de chuvas em Mossoró é o maior dos últimos 56 anos (Foto: Reprodução)
As chuvas do final de semana, em todas as regiões do Rio Grande do Norte, marcam o início do período chuvoso no semiárido potiguar. Vários municípios registraram chuvas acima de 100 milímetros (mm). Embora a maior incidência de precipitações tenha ocorrido nas Mesorregiões Oeste e Central, os municípios de Jaçanã e Coronel Ezequiel, localizados na mesorregião Agreste Potiguar, registraram os maiores volumes de chuva acumulada com 244,3 milímetros (mm) e 165,3 mm, respectivamente, no período das 7h da manhã de sexta-feira, 28, até a manhã desta segunda-feia, 2 de março, às 7h, segundo o boletim pluviométrico da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn).
Mossoró, no Oeste Potiguar, registrou recorde de chuva diária, com 176,4 milímetros ocorrido no último sábado (29). “Este volume de chuvas em Mossoró é o maior dos últimos 56 anos. As chuvas pelo interior devem continuar no decorrer dos próximos meses devido a atuação da Zona de Convergência Intertropical atuando sobre a região”, destacou o chefe da Unidade de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot.
Na Mesorregião Central, o município que mais choveu foi o de Lagoa Nova, com 130 mm. E no Leste Potiguar, Montanhas registrou o maior acumulado com 76,1 mm. Na capital potiguar choveu 51 mm. “A previsão para a semana é de céu parcialmente nublado em todo o RN com pancadas de chuva”, disse Bristot. O boletim pluviométrico completo pode ser acessado no www.emparn.rn.gov.br, ícone azul Chuvas Diárias ou aba Meteorologia.
Análise Climática
O resultado da III Reunião de Análise Climática, divulgada no mês passado, os meteorologistas anunciaram que os padrões climáticos analisados indicam a ocorrência de chuvas distribuídas em todas as regiões do Estado, sendo a previsão de 479 milímetros na região Oeste, 376 na região Central, 342 na região Agreste e 533 milímetros na região Leste. A média de chuvas foi de 840 mm em todo o ano de 2019.

Comentários